Novo modelo de cobrança de energia elétrica: Preços conforme horário de consumo

A conta de energia elétrica residencial poderá variar conforme o horário de consumo a partir de 2018, conforme cronograma de implantação do modelo de “tarifa branca” aprovado nesta terça-feira 06 Setembro 2016 pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A lógica é que o sistema de energia elétrica é mais congestionado nos horários de pico, por isso o custo real da eletricidade naqueles momentos é mais elevado do que quando há menor consumo.

Pela “tarifa branca”, o custo será mais elevado durante as três horas de maior consumo de energia elétrica na região da distribuidora — em geral, fim de tarde e início da noite.

Segundo dados da Aneel, no caso da Light, quem migrar para a tarifa branca — nos valores da tarifa atual — pagaria 203% do preço convencional nos horários de pico, 130% na faixa intermediária e 85% fora do pico.

Desta forma será de grande importância a gerência do acionamento das bombas de recalque, utilize um hidronível em seus reservatórios para operar o abastecimento de forma a minimizar o consumo de energia durante as tarifas de pico.

Screen Shot 2016-09-07 at 9.57.41 AM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *